Protocolos de Diretrizes de Biossegurança - Grupo UNIP-Objetivo | Colégio Objetivo

Veja a versão completa

procedimentos apropriados, com uso de escova após fervura e solução de hipoclorito de sódio. O mesmo deve ser feito com utensílios utilizados pelos bebês, como chupetas e copos;
i) Profissionais que preparam e servem alimentos devem obrigatoriamente utilizar EPIs e seguir protocolos de higiene de manipulação dos alimentos;
j) Recomenda-se que os profissionais que trabalham com as crianças sejam orientados a utilizar os cabelos sempre presos e que utilizem aventais descartáveis ou aventais de tecido que deverão ser higienizados antes de serem novamente utilizados;
k) Recomenda-se proibir o uso de adornos e de unhas artificiais aos profissionais que trabalham diretamente com as crianças.
3.2.3 Higienização e limpeza de ambientes
a) Higienizar brinquedos, trocador (após cada troca de fralda), tapetes de estimulação e todos os objetos de uso comum antes do início das aulas de cada turno e sempre que possível, de acordo com a Nota Técnica nº 22/2020 da Anvisa;
b) Brinquedos que não podem ser higienizados, não devem ser utilizados;
c) As piscinas de bolinhas deverão permanecer fechadas até o final da emergência sanitária;
d) Os equipamentos ao ar livre, tais como parques infantis, hortas e demais espaços externos de uso coletivo não poderão ser utilizados;
e) Sempre que possível, recomenda-se retirar tapetes, almofadas, estantes de livros e outros recursos pedagógicos de difícil higienização de dentro das salas de aula;
f) Recomenda-se a instalação, na entrada das salas de aula, de tapetes sanitizantes (tapetes contendo solução sanitizantes) precedidos e sucedidos de tapetes absorventes para que os alunos sequem seus pés depois de pisar no tapete molhado com sanitizantes, diminuindo o risco de quedas.
3.2.4 Comunicação
a) Orientar pais ou responsáveis sobre as regras de funcionamento da unidade escolar na reabertura;
b) Realizar ações permanentes de sensibilização dos estudantes, pais e responsáveis;
c) Recomenda-se comunicar aos pais e responsáveis a importância de manter a criança em casa quando ela estiver doente (qualquer que seja a enfermidade).

19