Protocolos de Diretrizes de Biossegurança - Grupo UNIP-Objetivo | Colégio Objetivo

Veja a versão completa

h) Designar um colaborador para atender aos ocupantes do espaço de
isolamento e treiná-lo quanto aos cuidados a serem tomados, tanto no
que se refere à privacidade das pessoas, quanto às medidas a serem
tomadas para proteção do próprio colaborador. Não permitir a
permanência de pessoas sintomáticas para Covid-19 na instituição de
ensino. No caso de menores de idade, os respectivos pais ou
responsáveis devem ser comunicados para buscar o aluno, que deve
aguardá-los no espaço do isolamento, preparado para este fim. Orientar
a família a procurar pelo serviço de saúde;

i) Recomenda-se a designação de um colaborador em cada prédio ou
bloco da instituição de ensino para assistência e direcionamento de
alunos que apresentem sintomas;
j) Gerenciamento das condições de saúde de colaboradores e
terceirizados.

Considerando que o objetivo das atividades de monitoramento é a de detecção
e posterior isolamento domiciliar ou de encaminhamento ao atendimento
hospitalar das pessoas que apresentem sintomas relacionados à Covid-19 e
visando, ainda, a prevenção da disseminação da doença e a saúde coletiva de
todo o público interno, para fins de classificação neste protocolo, os casos
serão divididos em três grupos distintos, a saber: caso suspeito, caso
confirmado e contatado de caso confirmado.

• Caso confirmado da Covid-19 de colaborador ou terceirizado

❖ Afastar o colaborador de suas atividades laborais pelo período
mínimo de 14 dias, sendo que somente poderá retornar ao seu local
de trabalho mediante prévia e expressa autorização médica.

❖ Orientar o colaborador a procurar por atendimento médico-hospitalar
e, no caso de ser recomendado o isolamento domiciliar, orientá-lo
sobre a adoção dos cuidados profiláticos para a prevenção de
contágio aos familiares.

❖ Mapear a rede de pessoas na unidade que tiveram contato direto
com o colaborador nas 48 horas que antecederam o aparecimento
dos primeiros sintomas da doença.

14