É ouro! Trinta e uma medalhas conquistadas na Olimpíada Brasileira de Biologia Sintética (OBBS)


Uma competição que tem atraído a atenção dos alunos do Colégio Objetivo é a 2.a Olimpíada Brasileira de Biologia Sintética (OBBS). Destinada aos estudantes do Ensino Médio, a competição foi criada para fomentar o interesse dos jovens pela Biologia Sintética, Biotecnologia e ciências afins, bem como promover a difusão dos conhecimentos básicos de uma forma lúdica e investigativa. Como resultado, 31 alunos do Objetivo foram premiados com 21 medalhas de ouro, 6 de prata e 4 de bronze.

Organizada pelo Time de Biologia Sintética da USP Brasil em parceria com o Instituto Vertere para estudantes, as provas foram realizadas em plataforma virtual, entre os dias 19 a 25 de setembro.

A competição abordou vários assuntos e conceitos relacionados ao tema, entre eles Microbiologia, Biologia Molecular, raciocínio lógico-interpretativo, Genética, lógica de programação, Ecologia, Bioquímica, Química Inorgânica e Orgânica.

Olimpíada Brasileira de Biologia Sintética

OURO
Alexandre Andrade de Almeida
Amanda Liang Hsieh
Bianca Coicev
Gabriel Henrique Caetano Ribeiro
Gabriela Feltrin Rodrigues
Gustavo Henrique Yabiku Jorge
Henrique Malavolta Quaglio
Igor Bersanetti Gabilondo
João Pedro Craco Lorentz
Lifu Zhou
Lucca Ribeiro Bortoletto
Luísa Pedrosa Darcie
Maria Eduarda Bertole Matos
Maria Eduarda da Silva Nascimento
Maria Eduarda Silva De Oliveira
Mariana de Sousa Lima Costa Furtado
Pedro Medeiros Guimarães
Rafael Joaquim Parra
Sara Kaori Niwa
Sofia Duarte Salatini
Wenteng Gao

PRATA
Beatriz Campos Lacerda Reis
Cesar Tronquini Pereira
Felipe Yuji Sasazaki
Laís Hanae Tanaka
Rebeca Maciel
Saulo Novais de Carvalho

BRONZE
Giovanna Garcia Scarelli
Matheus Abreu Costa
Paloma Miyuki Oliveira Nagano
Taina Garcia Costa