3 de dezembro

  • Dia Internacional do Portador de Deficiência Física
Falecimento


1919 — Morre Pierre Auguste Renoir

O pintor francês Pierre Auguste Renoir, nascido em 1841, em Limoges (França), foi um dos artistas mais importantes do movimento impressionista. De família de classe média, em 1845 mudou-se para Paris, e lá estudou até os 13 anos. Essa fase foi marcada por seu primeiro contato com a decoração de porcelanas.

 

Em 1858, Renoir começou a pintar em tecidos. Nessa época, trabalhando no ateliê do pintor Gleyre, teve contato com importantes nomes da pintura, como Monet, Sisley e Bazille.

 

Em 1870, Renoir combateu na Guerra Franco-Prussiana. Quatro anos depois, organizou e participou da primeira exposição dos jovens chamados “impressionistas” e, no período de 1876 a 1878, colaborou com esse grupo de pintores. Casou-se com a modelo Aline Charigot em 1880 e, nos dois anos seguintes, visitou a Itália e a Argélia, viagens que injetaram novo fôlego à sua arte.

 

Em 1898, o pintor passou o inverno no sul da França, onde o clima mais quente amenizava suas crises reumáticas, e acabou decidindo-se por fixar residência em Cagnes, na mesma região. A partir de 1908, Renoir só conseguia andar com o auxílio de bengala e passou a pintar sentado, com pincéis amarrados aos dedos.

 

Morreu em 1919, em Cagnes, já reconhecido pelo público e com quadros expostos no Museu do Louvre.